2007-2020 © - webdesign: Luís Fernando Couto

Al rights reserved - LFC - P/2016 @

Count
Acervo Virtual Antônio Candeia Filho

Oxóssi em passagem

avassaladora, turbulenta

e generosa pela terra,

abençoada com a

força seminal do seu axé;

que gerou sambas;

que levantou bandeiras de luta;

que disse 'não' ao medo,

 

à humilhação, ao sofrimento

e ao conformismo;

que animou o povo oprimido

a acreditar em si mesmo,

neste ano de 2015

completaria 80 anos.

Este site comemora,

oficialmente, seu aniversário.

Candeia

Antonio Candeia Filho, lenda do carnaval carioca e um dos fundadores da Portela, foi cantado pelos mais de 2 mil componentes da Renascer de Jacarepaguá na madrugada deste domingo (15), na segunda noite de desfiles da Série A.

 

Sexta escola a passar pela Marquês de Sapucaí, a Renascer homenageou o cantor e compositor que, se estivesse vivo, teria 80 anos.

 

A escola da Zona Oeste do Rio desfilou o amor de Candeia pela Portela e pelo samba. No abre-alas, a reprodução de um terreiro de candomblé, em homenagem a sua trajetória como um dos defensores da cultura afro-brasileira.

 

A Portela veio representada pela sua velha guarda. Entre as curiosidades, uma integrante que homenageou a portelense Tia Dodo, que morreu em janeiro deste ano. A águia, símbolo da azul e branco de Madureira, foi uma doação da escola para a Renascer de Jacarepaguá.

 

Apesar das dificuldades financeiras, a agremiação da Zona Oeste desfilou com alegria e garra. Os componentes da escola cantaram o samba com empolgação. Emocionado, o carnavalesco Jorge Caribé disse que valeu a pena o esforço para fazer o carnaval  e agradeceu aos integrantes da escola.

 

Globo.com/G1